Corpo foi encontrado no último domingo 26, na região norte da Capital, próximo a UFT. 

A Polícia Civil do Tocantins, por meio do Instituto de Identificação em parceria com o Instituto Médico Legal (IML), órgãos vinculados à Superintendência da Polícia Científica, identificou o corpo de uma mulher encontrado na região norte de Palmas, próximo a Universidade Federal do Tocantins, no último domingo, 26.

O corpo foi encontrado em estado avançado de decomposição e não apresentava documentos. O Instituto de Criminalística por meio dos peritos oficiais também esteve no local para realização da perícia criminal.

O corpo identificado trata-se de uma mulher de 32 anos. A identificação foi realizada pelos papiloscopistas lotados no Núcleo Especializado de Identificação Necropapiloscópica pelo exame papiloscópico. A papiloscopista Maurícia Simas Queiroz Costa relata que foram necessárias 72 horas de trabalho constante para a recuperação do tecido tegumentar devido ao estado avançado de decomposição que se encontrava o corpo. Contudo, segundo ela, foi gratificante chegar a um resultado positivo ao final de todo o processo.

O laudo necropapiloscópico de identificação da mulher foi encaminhado à 1ª Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP – Palmas) para procedimentos cabíveis e auxílio técnico na investigação e elucidação do crime.

 

Por: SSP – TO


Compartilhar:

Deixe seus Comentario